E se o mundo acabasse amanhã?

Tudo bem, eu sei que isso não irá acontecer tão rápido, sei que não seremos invadidos por aliens (eu acho), porém porque temos a tendência de adiar coisas que são importantes? Tenho certeza que, se soubéssemos que o mundo acabaria amanhã, ou que temos uma doença terminal com prazo para morrer, olharíamos o tempo de outra forma.
Às vezes, é um ato de amor que deixamos de fazer com a esposa, ou com a mãe, marido, tia, filho, amigo, quem quer que seja. Todos os dias, perdemos a oportunidade de nos aproximar dessas pessoas para pedir desculpas ou elogiar por algo que aconteceu ontem, mês passado, ou ano passado. Saibam que isso só faz mal a você mesmo. Guardar rancor, ódio ou melancolia não te levarão a lugar nenhum.
Aproveite a vida e as pessoas que você ama como se fosse à última vez que você as encontrará. Alguém pode dizer: eu sou casado há 10 anos e isso é mais difícil. Pois eu digo que é uma excelente oportunidade para você reconquistar a pessoa amada. Dando-lhe flores, deixando bilhetinhos pela casa. Use sua criatividade e seu amor incondicional para surpreender a pessoa que você ama.
“Não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje”. Belo ditado esse. Não adie projetos ou sonhos usando a desculpa de que lhe falta tempo. Não fique se sabotando, pois é isso que fazemos todos os dias. Não deixe que pessoas negativas te contaminem. Fique firme e continue indo em frente com as coisas em que você acredita. Supere os obstáculos e pedras que aparecerem no caminho. Você é capaz!

Defina tarefas, coloque-as no papel, isso ajuda a dimensionar e visualizar melhor suas opções. Se precisar e tiver interesse me mande um e-mail solicitando um modelo de diário de bordo para que você possa se organizar melhor e, ainda, validar o que aconteceu de bom no dia de hoje.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *